domingo, setembro 25, 2005

A razão do meu sorriso?

The Hitchhiker's Guide To The Galaxy.



Aconselho vivamente, um filme que está a passar despercebido nas nossas salas de cinema, recheadas de popcorn movies de adolescentes. À primeira vista, podem pensar que este é mais um exemplo de uma comédia idiota, mas de idiota não tem nada. Um filme inteligente, recheado de non-sense, filosofia, críticas sociais e questões do quotidiano, como a derradeira pergunta: qual é o objectivo da vida e tudo mais? O mote? A Terra foi eliminada, e os únicos dois terráceos existentes vagueiam pelo universo com um presidente pouco inteligente, com o autor do Guia da Galáxia (um autêntico best-seller) e com um rôbo manico-depressivo chamado Marvin. Parece idiota, eu sei, mas repito: este filme de idiota não tem mesmo nada. Imperdível!

sábado, setembro 24, 2005

Reconciliação


Cena 1 - Ext/Noite - Bairro Alto




Ela caminha por uma das ruas do Bairro, tantando descolar-se da multidão. Via caras conhecidas, umas cumprimentava, outras sorria, outras desviava-se, até que encontrou um colega com quem tinha cortado relações há mais de um ano, por incompatibilidades profissionais. Olhou, viu que ele não olhava e desviou a cara, mas à medida que se ia aproximando não resistiu e espreitou de novo. Pensava que não tinha sido vista e seguia o seu caminho, mas a sua dúvida era a dúvida dele também. Ele saiu do seu grupo de amigos e dirigiu-se para ela, entre muitas coisas disse-lhe que tinha queimado o livro com a história daquela amizade, ainda assim a reconciliação foi possível, mesmo com um travo de amargura, uma nova página começou a ser escrita novamente, porque há coisas que não se esquecem.

sexta-feira, setembro 23, 2005

Eu quero ver dEUS!


Revolução de bolso.

Saldo de uma noite

Hora: 23h00 Local: Já disse Facto: 1 imperial

Hora: 23h30 Local: Já disse Facto: 1/2 imperial

Hora: 24h00 Local: Lux Facto: 1 cerveja

Hora: 04h00 Local: Lux Facto: as chaves do carro não se encontram na bolsa da máquina fotográfica onde estavam antes do concerto começar!

Hora: 04h05 Local: balcão Facto: Ahhh!! Aqui estão elas!

Rew: Hora: 03h00 Melo D sucks!!!

Hora: 04h30 Local: Av. Ceuta Facto: Operação Stop, taxa de 0.31 gr/l álcool no sangue.




E pensar que já tive a alcunha de "esponja"!!!!

terça-feira, setembro 20, 2005

O sono dos justos



Simon Wiesenthal (1908-2005)

When we come to the other world and meet the millions of Jews who died in the camps and they ask us, 'What have you done?', there will be many answers. You will say, 'I became a jeweler', Another will say, I have smuggled coffee and American cigarettes', Another will say, 'I built houses', But I will say, 'I didn't forget you'."

Ele continuou a lutar sozinho enquanto o mundo esquecia ou fingia esquecer as atrocidades da Segunda Guerra Mundial. Achava que o privilégio de ter sobrevivido ao holocausto, estando preso em dois campos de concentração, lhe deu o dever de perseguir os criminosos e sozinho levou mais de 1100 nazis fugitivos a tribunal.

Morreu esta madrugada, enquanto dormia...

Top Pesquisa Sapo

As três palavras mais procuradas pelo motor de busca do sapo são: nuas (1º), mulheres (2º) e imagens (3º). Imagens de mulheres nuas, portanto!

segunda-feira, setembro 19, 2005

Autárquicas 2005

É impressão minha ou andam(os) todos baralhados?

Já me tem custado que a menos de um mês das eleições autárquicas, a comunicação social só queira saber das presidenciais, e dos candidatos-a-candidatos, do diz-que-vai-dizer do Alegre, da campanha "fantasma" -- feita pela própria comunicação social -- daquele que nunca-tem-dúvidas-e-raramente-se-engana, das sondagens -- feitas somente para aquele-que-nós-sabemos-e-outros-que-desconfiamos saberem se devem mesmo apresentar as suas candidaturas. Às tantas, comecei a duvidar do calendário eleitoral... Agora começo a duvidar da própria natureza das eleições! É que ouvi dizer o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, para os eleitores votarem contra a política deste Governo! Por favor, baralhados já os portugueses andam! É de todo desnecessário baralhar ainda mais! As eleições são única e exclusivamente AUTÁRQUICAS!!! Não tem o PCP outros argumentos para roubar votos ao PS? Terá certamente! Pois então, não façam de nós, eleitores, mais ignorantes do que já somos! Bem sei que o outro se demitiu depois de uma derrota das autárquicas, e que o outro antecipou as legislativas por causa (?) das europeias, bem sei que há muito boa gente que mistura as coisas, mas não é suposto pois não?

sábado, setembro 17, 2005

semtempo.blogspot.com

Uma rápida visita a este caderno de bolso só para me desculpar e aconchegar a minha consciência justificando a minha ausência: não tenho tempo para mais nada! Gosto do que ando a fazer sim, irrito-me porque queria fazer mais e melhor sim, mas o que me chateia mais é a sempre presente falta de tempo. Que raio. Vou parar o relógio, não quero saber.

sexta-feira, setembro 16, 2005

Belos dias na descontra...

...e noites a acompanhar. Hoje, Coca-Cola Soundwave a partir das 19h30 com Filipe Gonçalves, Pólo Norte, Expensive Soul, Jorge Palma e Da Weasel, no auditório Keil do Amaral (Parque de Monsanto). Depois dos concertos temos os dj’s Miguel Simões e Wilson Honrado pela noite fora. E amanhã festa da Best Rock FM na Casa do Sol (Praia da Rainha).
Porque o Verão ainda está aqui!

quinta-feira, setembro 15, 2005

Encontrei "o bolso"!!!

Afinal não sou assim tão irresponsável, sou apenas esquecida!

terça-feira, setembro 13, 2005

Tomorrow is just an excuse away


Hoje tenho Mesa no Lux...

Grazie Lu, por seres tão bem relacionada!

Obrigada Jo por seres amiga dos amigos dos teus amigos!

segunda-feira, setembro 12, 2005

Rock 'n Sushi


Para quem pensa que japonês é só peixe crú, para quem gosta e nunca lá foi... o Rock'n Sushi está já aqui! (vou já avisando que as empregadas de mesa são suecas... ;))

A passagem das horas

A chegar ao fim do dia... Tentei com que as horas passassem por mim sem a recordação da data. O telemóvel tocou com um aviso. E os anos passam em flashback, os anos passados, os anos vividos e aqueles em que nada soube. E lá vão 3...
Estou a escrever para mim, estou a escrever sobre um rapaz que se perdeu e que eventualmente acabou por me perder, porque esse dia tinha de chegar. Eramos novos demais e naquela idade ainda não se conhece o amor.
Hoje é o seu aniversário, parabéns.

wherever you are :: you will carry always :: truth of the scars :: and the darkness of your faith :: slowly move on :: how did we get to here :: it all went wrong :: gravity claiming all your tears :: everything looks :: so much better now :: you will get yours :: you have no right :: to ask me now :: you were never that around :: i have missed :: reality day trips and your :: suit me suit me ways :: turn out the light switch :: we've been awake for days :: and no-one's coming round :: here no more :: you will get yours :: you have no right :: to calm me down :: you were never that around :: i have missed :: cold contagious :: all the mighty mighty men :: what you save is what :: you lose out in the end :: cold contagious :: paint your perfect day :: i don't mind this :: i'm better off by the way :: deeply grounded :: you will get yours :: cold contagious :: all the mighty mighty men :: what you save is what you lose :: out in the end :: cold contagious

(Bush)

Persuasão

Ridículo insistir numa coisa que não vai acontecer. Ridículo desistir sem puxar mais um bocado.

Ando à procura do meio termo.

Quando a cabeça não tem juízo o bolso é que paga...

Então e o que é que se faz se também se perder o bolso???


Isto vai de mal a pior... ninguém tem aí uns comprimidinhos contra a irresponsabilidade?

Hoje no metro...

Vi um "amo-te Jodite" num dos pilares -- eu já nem falo do facto de escrever nas paredes/pilares/cadeiras/etc.etal, afinal eu também riscava as paredes todas lá de casa quando era pequena, e ou esta gente ainda está na infância ou não tiveram uma mãe e avó como as minhas!; mas o que acho inadmissível é que uma pessoa supostamente enamorada não se digne a aprender a escrever o nome da pessoa amada!

Vi um rapazinho muito contente a ouvir um tecno merdoso através do seu telemóvel (até aqui tudo bem, cada um ouve o que quer e o que gosta, e cada um tem o seu gosto) em altifalante!!! Raios partam os telemóveis que deram cabo dos rádios, vulgo tijolos, que ainda há pouco tempo por aí andavam nos transportes públicos!

domingo, setembro 11, 2005

Das coisas perdidas II ou quando a cabeça não tem juízo o bolso é que paga

Procura-se certificado de habilitações, com cerca de um ano de idade, cor-de-rosa pálido, emitido pelo secretário daquela faculdade que-não-tem-dinheiro-para-pagar-aos-assistentes-e-dar-aulas-de-qualidade-aos-alunos-mas-cobra-a-propina-máxima-e-constrói-um-edifício-só-com-salas-para-os-mestres-e-professores. A quem o encontrar, por muita vontade que lhe dê de o rasgar, por favor, não o faça: não me apetece gastar mais 15 euros!

p.s. eu não tive culpa, eu tentei segurá-lo, mas vocês sabem como são as minhas coisas... muito autodeterminadas!

sexta-feira, setembro 09, 2005

All Apologies

Não, não é uma nova versão da música dos Nirvana. É uma "pérola" que encontrei hoje na secção Local dos Classificados do Público de hoje (p.58, para quem quiser confirmar):


As palavras de Baptista Bastos

A simpatia e amabilidade quase fazem esquecer que este senhor aqui, à minha frente, é o Baptista-Bastos. A camisa preta, desprendida do corpo com o colarinho solto também. O "famoso" laço não está lá. Mas está lá tudo o resto que é importante e isso não caberia neste blog por mais sintética que conseguisse ser. Mas posso dizer o que ele não é. Não é interessante. Porque como ele mesmo disse, "interessante" é a palavra que usamos quando não nos queremos compremeter muito. Quando não queremos tomar parte de nada. E eu aqui quero compremeter-me e contar que o Baptista-Bastos, que fala como se tivesse uma pena de tinta permanente na boca, que fala como escreve, é rigoroso, inteligente, conhecedor da História e da estória da vida e que por isso me deu uma lição de vida a mim. A mim que fui com um guiãozinho de perguntas muito bem preparadas e que não valeram de nada comparado ao que ele me tinha para dizer. E agora resta-me ler todos os seus livros (até agora só o brilhante "As Palavras dos Outros") e sugar-lhe tudo mais que possa. Para já fico com isto e partilho. "O jornalismo é precário e precioso. Como a vida". E isto interessa a todos.

Oportunidade!



É hoje na Cinemateca às 21h30, vai passar o que foi considerado o pior filme de todos os tempos. Plan 9 From Outer Space do mítico Ed Wood. A ver ou rever, mas para mentes muito abertas...

Nota: qualquer semelhança entre OVNIS e tampões de pneus de automóveis é pura coincidência;)

Para quem gosta de design...

quinta-feira, setembro 08, 2005

Parabéns!


Parabéns ao João Moutinho que faz hoje 19 aninhos! Uma curiosidade para repartir com os outros membros deste blogue (e restantes leitores) que também partilham da sua admiração (diferente de caso para caso) por este jogador.

quarta-feira, setembro 07, 2005

A técnica que foi do Bairro para a África do Sul ...



Noite de aniversário. Copos, conversas da treta com a única pessoa para a qual nós somos, num jantar de 20 pessoas, a única com quem está realmente à vontade para falar. Sinto a “dependência” e sorrio. Sentimo-la, na verdade, os dois e sorrimos. De treta em treta caímos na da “técnica do engate”. Mais uma vez estou na presença de um jogador (mal sabe ele que eu também sou, o que me dá um prazer acrescido). Não é novidade. Já a ouvi umas vezes, já a vi ser colocada em prática outras tantas, com mais ou menos savoir faire:


É a técnica do dar e voltar a tirar, do avanço e do recuo, que causa inquietação, insegurança e deixa o outro à sua mercê. A técnica do dizer que não à primeira oportunidade, o “pleasure delayer” à la Vanilla Sky... “E resulta!”, diz-me ele. Eu sei, “ahh como sei!”. Já fui sujeito activo e passivo, “mas hoje já não tenho grande paciência para esses jogos”, digo-lhe. (bull shit!)


A verdade, é que todos, vamos, de forma mais ou menos subtil, jogando esse jogo... jogo esse que é perigoso, uma arte difícil de se dominar, em que os impulsos são inimigos, em que é preciso e é precioso o sangue frio. Nem todos temos (ou será que há apenas alguns de nós que não queremos ter?) esse “dom”.


Passaram-se dias e eis que chega um pedido de “socorro” de South Africa. Folgo, mais uma vez, em ver que não são só as gajas que se preocupam com estas coisas... E toco a desbobinar a técnica não aprendida, mas antes recordada, naquela noite passada. Ficou encantado, e eu também! (assim enquanto pensa na técnica fica um nada mais forte e seguro, e já consegue trabalhar!)


Fico, no entanto, a pensar sobre o assunto (há mil e quinhentas coisas que poderia fazer, mas as hormonas desataram a correr para aí e quem sou eu para as parar...)

Normalmente, são as gajas que são as jogadoras, que não entram a matar, que não dizem o que querem directamente. Os gajos limitam-se, em jeito de porno star, a “se quieres quieres, se no quieres, amigos como dantes!” Não tenho dado estatísticos, mas “cheira-me” que há-de ser a regra geral. Quando um gajo não telefona, não manda sms, não fala no msn (a mais recente arma dada pela tecnologia), é simplesmente porque não se lembra dela. Quando se lembra telefona, manda sms, fala no msn... portanto, se o faz só de vez em quando... “caga nele”, dizem as amigas. Agora, e se, de repente este paradigma cai por terra, e há muitos mais do que aqueles que nós pensamos a jogar este jogo??? Aí as coisas complicam-se... Porque se é verdade que as gajas são jogadoras-natas, e que jogam como nenhum outro género o jogo da sedução, é também verdade que mais facilmente se “desmancham”, que mais facilmente ficam empolgadas e estragam tudo, baixam a guarda demasiado cedo. O jogo de cintura que é necessário torna-se uma tarefa pesada, e aí deixa de ter piada... (deve ser porque são duas as hormonas femininas...-- é a única explicação! )


O que vale é que há por aí muitas gajas “tipicamente gajos” e gajos “tipicamente gajas”, e uns e umas mais-ou-menos equilibrados!

terça-feira, setembro 06, 2005

Summertime

O Verão custa a passar, não a estação em si, mas tudo que acontece no Verão e que nunca volta a ser. Todos os Verões são diferentes e a tristeza de que vai chegar ao fim transforma-se em urgência de esquecer tudo. Venha o Inverno e com ele os dias banais.

Esta tarde chuvosa



(Persona, 1966)


Foi tarde de amar cinema.

When we love the bad guys ou Ocean's Eleven (Parte II)

Porque adoramos vilões giros e, mesmo que eles sejam terríveis e crueis, não conseguimos deixar de estar do lado deles. Isto no nosso mais ínfimo (ou talvez não tanto) interior, porque exteriorizando estamos sempre do lado do herói e, talvez por isso, a indústria cinematográfica evite essa opção e só coloca actores giros nesses papeis quando a intenção é mesmo essa... de criar simpatia pelos MAUS (ou vender mais bilhetes).

Porque transpondo para a vida real às vezes também acontece. A atracção inevitável por cabrões (desculpem a linguagem, mas não há outra maneira de descrever...), sejam eles do género que forem: ou porque usam e abusam de pessoas e sentimentos, ou porque nos irritam com as suas manias e fazem-nos entrar em colapso, ou porque são fingidos. Sobretudo porque realçam o nosso lado mais negativo e fodem-nos o juízo. E o pior?

a)Quando mesmo assim continuamos a gostar deles...

b)Quando tentamos mudá-los em vão...

c)Quando eles finalmente mudam e tornamos-nos nós as cabras...

...ou simplesmente o nosso projecto acabou?

Chato também é...

... planear coisas que depois não acontecem.

Ora, aí está uma coisa chata:

Ter a fama e não ter o proveito.

sábado, setembro 03, 2005

E ainda assim...


I wanted to be with you alone
And talk about the weather
But traditions I can trace against the child in your face
Won't escape my attention
You keep your distance fear the system of touch
And gentle persuasion
I'm lost in admiration that I need you this much (...)


(Tears For Fears)

sexta-feira, setembro 02, 2005

Da inveja e do arrependimento

I'm going to take my time
I have all the time in the world
To make you mine
It is written in the stars above
The gods decree
You'll be right here by my side
Right next to me
You can run, but you cannot hide

Don't say you want me
Don't say you need me
Don't say you love me
It's understood
Don't say you're happy
Out there without me
I know you can't be
'cause it's no good

I'll be fine
I'll be waiting patiently
Till you see the signs
And come running to my open arms
When will you realise
Do we have to wait till our worlds collide
Open up your eyes
You can't turn back the tide

Don't say you want me
Don't say you need me
Don't say you love me
It's understood
Don't say you're happy
Out there without me
I know you can't be
'cause it's no good

I'm going to take my time
I have all the time in the world
To make you mine
It is written in the stars above

Don't say you want me
Don't say you need me
Don't say you love me
It's understood
Don't say you're happy
Out there without me
I know you can't be
'cause it's no good


(Depeche Mode)

quinta-feira, setembro 01, 2005

Naquela noite


Apontamento

O Inter de Milão, adversário do FC Porto na Liga dos Campeões, lidera a classificação mundial de clubes da Federação Internacional de História e Estatística de Futebol (IFFHS), com o Sporting a ser a melhor equipa lusa, no 18º posto.

Para os outros interessados: A equipa portuguesa melhor classificada é o Sporting, no 18º posto com 218 pontos, seguida do campeão nacional Benfica, que caiu da 27ª para a 43ª posição, com 174,5.
O FC Porto, vice-campeão português, encontra-se na 71ª posição da tabela com 132,5 pontos (...).